O Palmeiras obteve uma de suas classificações mais baixo astral de sua história. Ainda sob efeitos do abalo emocional pela eliminação do Campeonato Paulista, o mistão verde não conseguiu convencer os quase 5 mil heróis que estiveram no Pacaembu e nem os milhões que assistiram pela TV ou acompanharam pelo rádio o jogo contra.

Leia Mais →

A doída eliminação do Paulistão para o Ituano, dentro de casa, nos revelou algo que estava até certo ponto mascarado pela ótima campanha na competição, a extrema dependência de três jogadores: Fernando Prass, Valdívia e Alan Kardec. Com esses atletas em campo juntamente com Wesley e até mesmo Lúcio com sua experiência, o Palmeiras.

Leia Mais →

O Palmeiras deu mais um passo importante para a sua consolidação como um time maduro, preparado para grandes desafios, inclusive o de ser campeão. Num momento em que a zebra rondou de forma bem ativa alguns grandes clubes, o Palmeiras tinha a responsabilidade de mostrar que ele não queria dar espaço para esse fantasma.

Leia Mais →

Essa onda de entregar jogo já passou dos limites. Depois do vexame corintiano no Paulistão, muito se questionou sobre a conduta dos atletas do São Paulo na partida contra o Ituano. Até por conhecer a fundo o técnico Muricy Ramalho, posso assegurar que nada foi orquestrado para perder o jogo intencionalmente. Agora, mal termina.

Leia Mais →

Vamos fazer uma brincadeira? Sugiro que exercitemos nossa imaginação para projetar que a estreia do Palmeiras na Copa do Brasil vai acontecer somente no dia 10 de abril, 21h50, contra o Vilhena, em jogo único, cujo empate também é do Verdão. Dessa maneira podemos fazer de conta que não vimos nada daquilo que aconteceu.

Leia Mais →